RESUMO SOBRE OS GASES EMPREGADOS EM CROMATOGRAFIA A GÁS

Na cromatografia a Gás, um dos fatores mais importantes é garantir o uso de um gás inerte, puríssimo e compatível com o detector.

Não são muitas as opções (hidrogênio, hélio, nitrogênio, metano e argônio), e, geralmente, na prática optamos por nitrogênio e hélio. Mas como devemos escolher?

Além do uso do gás como substituinte da fase móvel, como gás de arraste, também é importante considerar o tipo e vazão do gás usado como Make up (make up gas) no detector. O uso adequado deste reduz o alargamento de banda e pode aumentar a sensibilidade.

Veja abaixo algumas considerações a respeito dos gases para a boa performance de operação do cromatógrafo à Gás.

Para esclarecer outras dúvidas ou realizar um treinamento em CG escreva: cromvallab@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: